© 2018 Asas Celelê

por crianças de São Tomé e Príncipe

Morada: 

Beco do Carvalho do Outeiro, Cave Dta

2440-128 Batalha

APADRINHAR

Com o apadrinhamento, pretende-se criar uma relação de afecto entre os padrinhos e as crianças de São Tomé que vivem em situações de pobreza.

 

O programa de apadrinhamento tem como objetivo angariar padrinhos/madrinhas, que se disponham a ajudar economicamente crianças de famílias carenciadas. Esta contribuição permitirá atender às necessidades básicas da criança, garantindo vestuário, material escolar e outros bens essenciais anualmente.

 

O apadrinhamento é feito pelos associados (madrinhas e padrinhos) que podem “tratar” de todos os pormenores diretamente com a associação ou que poderão estar organizados em pequenos grupos, nomeando um representante perante a Associação.

A partir do momento que aceita apadrinhar uma criança, incentivamos o desenvolvimento de laços de amizade entre padrinho/afilhado através de troca de cartas, fotografias e/ou desenhos. 

O apadrinhamento é realizado através da doação de material escolar, brinquedos, roupa e outros materiais que permitam a uma ou várias crianças frequentar uma escola da sua comunidade.

 

Há 3 formas de apadrinhar uma criança:

- Entregar na Associação a prenda para o seu afilhado/a;

- Entregar a prenda a um coordenador de grupo, especialmente quando se encontra distante da sede; 

- Fazer o donativo em dinheiro e a Associação encarregar-se-á de preparar a prenda para o seu afilhado. 

 

O donativo para o apadrinhamento tem um valor mínimo de 70 euros anuais, sendo no entanto o padrinho/madrinha quem escolhe o valor que pretende doar, podendo sempre optar por um valor superior.

 

O valor referido abrange material escolar, vestuário e calçado da criança e um brinquedo. Pretende-se que esta colaboração financeira se mantenha até se verificar que a criança tenha 12 anos.

Para mais informações sobre como apadrinhar uma criança, entre em contato connosco através do email: asascelele@gmail.com